Cultura visual e religião em diálogo com intersemiótica para uma metodologia de análise interpretativa para o campo das ciências das religiões na obra “Xenogenesis” de Octavia Estelle Butler

Suelma Souza Moraes, Francisca Raquel Queiroz Alvez Rocha

Resumo


Este trabalho contribui para a abordagem da “Cultura Visual e Religião”, ao ampliar as discussões epistemológicas da linguagem no campo da área das Ciências das Religiões, a partir, do diálogo da intersemiótica, cuja hermenêutica crítica privilegia esta preocupação com o ato de narrar, as formas e modalidades dispersas do jogo de narrar, que coloca a prova a capacidade de seleção e de organização da própria linguagem, a procura de um caminho que nos conduza a compreender a identidade, características, escolhas e aproximações da Lilith negra-híbrida de Octavia Estelle Butler e sua homônima judaico-cristã, existentes na trilogia de ficção científica distópica Xenogenesis presentes na cultura visual marcada pela religião.


Palavras-chave


Intersemiótica, Religião, Cultura Visual, Distopia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.