A Cachaça é nossa: cultura e ideologia na construção da identidade nacional

Nathália Caroline Dias

Resumo


Bebida presente em importantes momentos históricos da formação da nação brasileira, por muitas vezes marginalizada e associada às camadas mais inferiores da sociedade, a cachaça nas últimas décadas vem passando por um processo crescente de valorização econômica e, principalmente cultural a ponto de o governo brasileiro elaborar legislação especifica para preservar a bebida como autenticamente brasileira. Em linhas gerais, este artigo tem como objetivo analisar a construção social da cachaça e da caipirinha como bebidas representativas da cultura popular brasileira, ou seja, elementos da memória coletiva de diversos grupos sociais brasileiros. Essa pesquisa, que adota olhares sociológico e antropológico, caracteriza-se como sendo de natureza qualitativa. Através da análise documental e com a ajuda dos conceitos de patrimônio, cultura e identidade, busco compreender a maneira como a cachaça e a caipirinha são reapropriadas pelo Estado com vias a reforçar aspectos de uma identidade nacional consensual e homogênea. Ambas as bebidas, através de um processo ideológico, operado pelo Estado com a mediação de intelectuais, são apresentadas como bebidas que rememoram uma suposta origem histórica da nação. Nesse sentido, sua preservação, por meio do registro legal em dois decretos, caracteriza-se como instrumento ideológico de construção da identidade nacional brasileira por meio da reapropriação da cultura popular.


Palavras-chave


Memória coletiva; Identidade nacional; Estado nacional; Patrimônio cultural; Cachaça

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Anais Brasileiros de Estudos Turísticos

Indexadores da ABET: 
 

 

 

 

 

   

 

 

 

 

 

 

Bibliothek Universitats Leipzig
Bibliothek Universitat Vechta
Hochschule Hannover University of Applied Sciences and Arts
Leuphana Universitat Luneburg
Library of Anglo-American Culture & History
Biblioteca Universidad Nacional Autónoma de México
Biblioteca da Faculdades Integradas de Ribeirão Pires
 
Observatório Econômico e Social do Turismo - OEST / UFJF.
Departamento de Turismo/DepTur, Instituto de Ciências Humanas/ICH, Sala A-II-08, bloco A.

Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
R. José Lourenço Kelmer, Campus Universitário, São Pedro. Juiz de Fora, Minas Gerais (MG) / Brasil. CEP.: 36036-330.
ISSN 2238-2925

Licenciada por Creative Commons Atribuição Não Comercial / Sem Derivações/ 4.0 / Internacional (CC BY-NC-ND 4.0)

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia